Pular para o conteúdo principal

Ambiente limpo e pronto para depilação


Um ambiente limpo e com as medidas certas de biossegurança, traz bem-estar ao cliente, além de prevenir diversos problemas de saúde.




Na sala de depilação, um bom trabalho oferecido com certeza marca a experiência para o cliente, mas não é só isso que o fideliza. Um ambiente limpo, que demonstre higiene e biossegurança, com certeza faz com que os momentos que ele passa ali realmente marquem e o façam voltar.

Mas... você sabe o que quer dizer Biossegurança? É um conjunto de ações que tem o objetivo de assegurar que qualquer procedimento seja feito de maneira segura, tanto para quem está sendo atendido quanto para quem está atendendo. Por isso é tão importante que tanto a depiladora quanto o cliente estejam protegidos.

“Um ambiente limpo traz clareza. Pela Lei 12/592, temos que obedecer todas as normas sanitárias. Por exemplo, utilizar álcool 70 para esterilizar todos os materiais e equipamentos. Não somente isso, as mãos do profissional e do cliente também devem ser higienizados, pois ambos terão contato também com a pele epilada e podem transmitir bactérias, provocando afecções na pele, como a foliculite”, comenta a educadora do curso de Depilação da Academia Ondina Rose Bigati.  

De acordo com ela, tudo na sala de depilação deve tratado como um ambiente hospitalar, com materiais descartáveis (desde as luvas, até a cobertura da maca) e lixeiras com pedais fechados. “Num ambiente que é necessária tanta cautela com a higiene, é preciso utilizar uma lixeira com lixo leitoso branco, para que o lixeiro saiba que é diferenciado”.


Descartar os resíduos no lixo correspondente com seu descarte.



Reaproveitamento

Outro alerta é na reutilização da cera, praticada por diversos profissionais. “Essa prática é proibida e pode e deve ser denunciada na Vigilância Sanitária do município. E a cera só pode ser utilizada se for patenteada. A partir do momento que a depiladora está utilizando a cera e guardando em um recipiente à parte do lixo comum, provavelmente ela está fazendo reaproveitamento”.



Segundo a educadora, a cera reaproveitada fica com aspecto diferente, mais escura e turva, e não gruda direito. “A contaminação pelo reuso da cera é extremamente séria, tanto para a depiladora quanto para o cliente, pois durante os procedimentos podem ocorrer sangramentos, podendo conter alguma doença infecciosa”. Isso ocorre, pois, ao reaquecer a cera, as bactérias se proliferam.

Mesmo trabalhando com equipamentos de proteção, Rose alerta também que é necessário estar sempre com a carteira de vacinação atualizada. “É ideal tomar uma vacina contra a hepatite B. É só ir até um posto perto da residência com o certificado do curso. Caso tenha contato com muito sangramento, é recomendado até mesmo procurar um médico”, finaliza.


Gostou desse conteúdo? A gente tem muito mais conteúdo como este. Veja a matéria sobre 'O ponto certo da cera'

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Extensão de cílios: qual a melhor técnica para sua cliente?

Seja fio a fio, volume russo ou várias outras, cada uma  dá um  aspecto  diferente e marcante para o olhar É fato que o alongamento de cílios caiu nas graças e hoje é uma das técnicas mais procuradas pelas clientes! Seja para deixá-los maiores ou mais volumosos, o resultado sempre é impressionante. De acordo com uma pesquisa da Euromonitor , a tendência é que o crescimento da venda de máscaras diminua de 4% nos últimos três anos para 2% até 2021. E sabe quem é a culpada de tudo isso? A extensão de cílios, que caiu nas graças por ser uma técnica duradoura e que dispensa o uso das máscaras. E com a alta demanda, hoje o mercado oferece diversos tipos de extensão, e cabe ao profissional orientar a sua cliente de qual a melhor. E você, saberia falar qual é a melhor para cada caso? Veja as dicas da educadora do curso de Embelezamento do Olhar, Rachel Fernanda . ·          Fio a Fio: essa foi a técnica pioneira na extensão. Nela, os fios são colocados um a um,

5 dicas para deixar o seu esmalte branco perfeito!

Toda mulher ama ter as unhas bem pintadas e arrumadas, certo? No entanto, algumas cores são mais complexas do que outras na hora de passar, e é isso o que acontece com o esmalte branco. Pensando nisso, para te ajudar a conseguir o branquinho perfeito para suas clientes, sem manchas ou bolhas, conversamos com a educadora de Formação em Manicure da Academia Ondina, Juliana Martins, para dar algumas dicas para não errar na produção! Confira:              1.     Tenha leveza na mão na hora de esmaltar É importante manter a mão bem levinha e ter agilidade para esmaltar quando se trata da cor branca. Outros esmaltes, se você passar sem cuidado, ainda assim ele fica bonito, mas com o branco, não é assim. “Se não tiver leveza na mão, o esmalte branco mancha mesmo, é importante também sempre usar só a pontinha do pincel ”.            2.     Fuja dos esmaltes velhos! É comum as mulheres reutilizarem esmaltes antigos, que acabam ficando grossos, mas você sabia que isso prejud

#Tendência | O momento do curto!

Do tradicional chanel ao assimétrico, a tendência conquistou de vez as mulheres modernas e que gostam de praticidade   Cortar o cabelo curto entre as mulheres já virou uma tendência que acompanha o momento superimportante de empoderamento feminino que vem ocorrendo há algumas décadas. “O corte feminino remete a uma mulher que sabe o que quer, a uma postura mais forte, que faz com que ela tenha mais possibilidades de mudanças”, explica   Renato Fuzz, mentor do projeto Criadores de Imagem, embaixador Wella Profissionais. Refrescante e versátil, o resultado é moderno e cheio de personalidade. O cabelo curto valoriza o rosto e as feições ficam mais marcantes. “Não existe um corte ideal, não gosto de seguir regras, o importante é conversar com o profissional da área que seja de confiança e que tenha experiência em cabelos curtos para guiar qual o melhor para cada estilo”, comenta Renato.  Para que o corte mude o astral da mulher, ela deve estar pronta para a mudanç