Pular para o conteúdo principal

Micropigmentação: mitos e verdades



Uma coisa não se pode negar: a micropigmentação está em alta nos salões e, cada vez mais, as clientes buscam profissionais capacitados para deixar suas sobrancelhas o mais natural possível! Por isso, esse processo requer treino e muita dedicação.

Junto com essa onda, diversos mitos e verdades se espalharam por aí, e a nossa educadora do curso de Micropigmentação e Microblanding, Resiane Almeida, esclareceu alguns! Vamos lá!?

Só posso fazer o curso de micropigmentação se eu for designer de sobrancelhas.
Verdade. Porém, uma dica preciosa é que não basta somente ser formada e ter experiência como design de sobrancelha, mas também saber ler o desejo da cliente e domínio de visagismo para desenvolver o melhor desenho de acordo com o rosto da cliente. É muito importante que o profissional treine com henna, aprenda a ter habilidades de coloração com sobrancelha, e goste de entender como a pele reage na cicatrização. São fatores que auxiliam no ingresso da profissão.

Micropigmentação é um procedimento definitivo.
Mito. Hoje ela já passou por várias atualizações e, o profissional capacitado, faz om implante na camada correta da pele, permanecendo um ano e meio a dois no máximo. Com o tempo ele desbota e a cliente precisa refazer, então ele não é definitivo.

A cliente precisa ser orientada a fazer a manutenção do design de sobrancelha.
Verdade. A grande vantagem é que após ela fazer a micropigmentação, esse retorno acaba sendo mais demorado, por se tratar de uma sobrancelha mais definida. É muito importante que ela seja orientada a procurar um profissional para limpar os fios para que ela não deixe com falhas, e fazer essa manutenção corretamente do design.

Qualquer pessoa pode fazer o procedimento.
Mito. Gestantes, pessoas com problemas de pele, em tratamentos de peeling, ácidos, não podem fazer. É importante que o profissional faça a ficha de anamnese. No caso de tratamento ácido, o cliente só pode fazer depois de dois a três meses. Pessoas em tratamento de quimioterapia, com pressão alta devem ser observados também. Outros casos, como diabetes, é importante ter autorização médica.

Existe idade mínima ou máxima.
Verdade. A idade mínima é 18 anos. Menores têm que estar acompanhados dos pais durante todo o período do procedimento. Não existe limite máximo de idade.

É possível saber como ficará o resultado.
Verdade. O profissional pode fazer uma simulação antes de realizar o procedimento para que a cliente saiba como ficará o resultado.

É um procedimento só para mulheres.
Mito. Pode ser feito tanto em mulheres quanto em homens. Vale ressaltar que na ausência de pelos ou em fios brancos, é preciso orientar que a pessoa faça uma coloração nesses fios para que traga um resultado muito mais rejuvenescedor.


E você, tem mais alguma dúvida sobre a técnica? Conta para a gente!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

#Tendência | O momento do curto!

Do tradicional chanel ao assimétrico, a tendência conquistou de vez as mulheres modernas e que gostam de praticidade   Cortar o cabelo curto entre as mulheres já virou uma tendência que acompanha o momento superimportante de empoderamento feminino que vem ocorrendo há algumas décadas. “O corte feminino remete a uma mulher que sabe o que quer, a uma postura mais forte, que faz com que ela tenha mais possibilidades de mudanças”, explica   Renato Fuzz, mentor do projeto Criadores de Imagem, embaixador Wella Profissionais. Refrescante e versátil, o resultado é moderno e cheio de personalidade. O cabelo curto valoriza o rosto e as feições ficam mais marcantes. “Não existe um corte ideal, não gosto de seguir regras, o importante é conversar com o profissional da área que seja de confiança e que tenha experiência em cabelos curtos para guiar qual o melhor para cada estilo”, comenta Renato.  Para que o corte mude o astral da mulher, ela deve estar pronta para a mudanç

Extensão de cílios: qual a melhor técnica para sua cliente?

Seja fio a fio, volume russo ou várias outras, cada uma  dá um  aspecto  diferente e marcante para o olhar É fato que o alongamento de cílios caiu nas graças e hoje é uma das técnicas mais procuradas pelas clientes! Seja para deixá-los maiores ou mais volumosos, o resultado sempre é impressionante. De acordo com uma pesquisa da Euromonitor , a tendência é que o crescimento da venda de máscaras diminua de 4% nos últimos três anos para 2% até 2021. E sabe quem é a culpada de tudo isso? A extensão de cílios, que caiu nas graças por ser uma técnica duradoura e que dispensa o uso das máscaras. E com a alta demanda, hoje o mercado oferece diversos tipos de extensão, e cabe ao profissional orientar a sua cliente de qual a melhor. E você, saberia falar qual é a melhor para cada caso? Veja as dicas da educadora do curso de Embelezamento do Olhar, Rachel Fernanda . ·          Fio a Fio: essa foi a técnica pioneira na extensão. Nela, os fios são colocados um a um,

Avec lança conta digital e cartão de crédito exclusivo para o setor de beleza

Fintech oferece serviços financeiros que substituem o banco; objetivo é reduzir burocracias e taxas para os profissionais do ramo Para atender os profissionais de beleza e bem-estar, a Avec acaba de lançar a AvecConta e seu cartão de crédito pré-pago. A fintech, que surgiu como uma plataforma de gestão e pagamentos para negócios de beleza, oferece agora serviços financeiros específicos para o setor e funciona quase como um banco dos salões e profissionais. Até o fim do ano, a empresa planeja emitir 150 mil cartões de crédito para os profissionais de beleza e levar o AvecConta para 20 mil estabelecimentos. Para disponibilizar a conta e o cartão de crédito para seus colaboradores, a empresa não terá custo adicional, mas precisa ter os módulos de gestão e pagamentos da Avec. A fintech tem ferramentas de marketing, aplicativo de agendamento online, sistema de gestão com soluções integradas de pagamento e, agora, conta digital e cartão de crédito. A Avec atende salões de beleza, ba