Pular para o conteúdo principal

Técnico: ser ou não ser?


Para aqueles que querem se profissionalizar, a resposta do título com certeza é SER. Muito se fala a respeito de profissionais capacitados, e que consigam atender seus clientes perfeitamente, atendendo às necessidades e também solucionando problemas. Tanto a profissão de Esteticista quanto a de Podólogo estão ligadas à saúde, por isso é tão importante dar atenção a elas. Hoje, a Academia de Beleza Ondina disponibiliza dois cursos técnicos: Podologia e Estética, e ambos têm lutado para que a profissão seja cada vez mais regularizada.

Estética


Uma das profissões mais promissoras da área da beleza, a Estética ganhou, desde abril de 2018 uma nova dinâmica: para atuar na área, é preciso ter graduação ou curso Técnico reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, esteticistas que conseguirem comprovar que já atuavam na área há mais de três anos da data da resolução, também podem solicitar regulamentação.

Esse um processo importante para profissionalizar a área. “Quanto mais exigências para atuação, melhor para o profissional sério, que investe na sua carreira e para o cliente, que tem qualidade na prestação do serviço”, explica a coordenadora dos cursos Técnico de Estética e Podologia da Academia Ondina, Rose Prudente.

A busca por beleza, saúde e bem-estar é frequente, tanto por mulheres, quanto homens, o que faz que o setor esteja sempre em crescimento e praticamente imune a crises. Hoje, o Brasil é o 3º maior mercado mundial no segmento. “O profissional da área poderá trabalhar em clínicas de estética, salões de beleza com contratação em carteira ou autônomos. Também podem abrir seu próprio negócio, por meio de empresas próprias ou franquias. Os ganhos podem chegar acima de R$ 7 mil reais por mês, dependendo da forma de prestação, qualificação e experiência”, complementa Rose.

Podologia

Atualmente, segundo a Associação Brasileira de Podólogos (ABP) existem no Brasil cerca de 80 mil podólogos com diploma reconhecido pelo MEC, porém, a preocupação é muito maior quando os dados esbarram naqueles que não possuem essa regulamentação. “Acreditamos que 80% dos profissionais que atuam hoje dizendo que são podólogos, não possuem ao menos o curso técnico reconhecido pelo MEC. Aqueles que não têm diploma não conseguem, por exemplo, identificar algumas patologias, o risco de contaminação cruzada é alto, e também não possuem propriedade para orientar o cliente corretamente”, comenta Rose.

A profissão é regulamentada, desde 2018, nos estados de São Paulo e Santa Catarina. “Fazer um curso que seja reconhecido pelo MEC assegura que a instituição foi devidamente avaliada e fiscalizada e está em conformidade com os padrões de excelência no ensino. O conhecimento técnico é a condição básica para que o profissional possa atuar em sua área ou função”, ressalta o delegado do Conselho de Biomedicina (Delegacia de Campinas), dr. Alexandre Veronez.

 “Temos muitos casos, por exemplo, daqueles que fazem cursos livres disponíveis na Internet, porém sem reconhecimento pelo MEC, compram os materiais e atendem como podólogos – e não sabem como manusear corretamente os equipamentos. Por isso, o risco de acontecer algo negativo tanto par ao profissional quanto para o cliente é enorme”, complementa o vice-presidente da Associação Brasileira de Podologia (ABP), Salvador Amorim.

Caso não esteja regularizado, o profissional sem o reconhecimento pode ser pego na fiscalização. “Hoje, o podólogo tem que se cadastrar no Conselho de Biomedicina, após ter o diploma. Trabalhamos juntos para que a Podologia cresça e seja respeitada como deve ser”, conclui Rose. A inscrição pode ser feita pelo site:  https://crbm1.gov.br/pessoa-fisica/ ou pessoalmente através dos telefones disponíveis no site.


Dicas de quem chegou lá

  • “Acredito como que em todas as profissões, temos "profissionais e "profissionais", e que muitas vezes acabam fazendo concorrência desleal, realizando procedimentos sem segurança, colocando em risco a saúde das pessoas, não se capacitando para se tornar um profissional certificado. Por isso sempre tenho em mente: valorize seu trabalho, seu atendimento, o seu investimento nos estudos, porque quando fazemos com amor e determinação sempre colhemos coisas boas.” Priscila Moro – Pós-graduada em MBA Estética e Cosmetologia 
  • “Só com paciência você se tornará um profissional preparado. O começo pode ser difícil, mas o importante é não desistir na primeira dificuldade. Tenha paixão por vidas e pessoas; invista em conhecimento técnico e prático. Nunca deixe de ter uma conduta ética e seja comunicativo, divulgando seu trabalho para aumentar sua rede de relacionamento. Tenha sempre humildade, saiba que é preciso aprender e agradecer sempre as oportunidades.” Carolina Camata Bonfim ZóPós-graduada em Cosmetologia Estética e Ciências da Pele  
  • “Podologia é cuidar do outro. Veja o cliente como um todo, não somente os pés. Estudamos o corpo inteiro, então quando ele senta na cadeira, converse com ele, entenda o histórico e o que ele procura. Não tem nada como ver ele sair sem dor, ou com uma higienização melhor nos pés. Então, é isso, é necessário ter sempre esse cuidado, fazendo o melhor sempre” Ana Paula ReisTécnica em Podologia e Enfermagem  



Entenda as Leis
·    Estética: em 2018, surgiu a Lei Federal 13.643, de 3 de abril de 2018 que regulamentou o exercício da profissão de Esteticista (que compreende o Esteticista e Cosmetólogo e o Técnico de Estética) e com isso, os profissionais que estavam com menos de 3 anos de atuação na área ou não tinham cursos técnicos/graduação em estética foram impedidos de atuar.
·    Podologia: desde 2018, nos estados de São Paulo (Lei nº 16.763, de 11/06/2018) e Santa Catarina (Lei nº 17.502, de 02/04/2018), só podem exercer a profissão de podólogo aqueles que possuem diploma profissional por escolas que ministram cursos técnicos, ou de graduação devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Hoje, a Associação Brasileira de Podólogos (ABP) luta para que a resolução se estenda para território nacional. 


SERVIÇO:
CURSOS TÉCNICOS ACADEMIA ONDINA
A Academia de Beleza Ondina possui a aprovação do MEC para ministrar os cursos Técnico de Estética e Técnico de Podologia. Ambos possuem análise de reaproveitamento de matérias. 
  • Próximas turmas:
    21/09 - Estética (turma aos sábados)
    22/10 - Podologia

Se interessou? Entre em contato com os nossos consultores de carreira pelo WhatsApp (19) 99190-0100.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Extensão de cílios: qual a melhor técnica para sua cliente?

Seja fio a fio, volume russo ou várias outras, cada uma  dá um  aspecto  diferente e marcante para o olhar É fato que o alongamento de cílios caiu nas graças e hoje é uma das técnicas mais procuradas pelas clientes! Seja para deixá-los maiores ou mais volumosos, o resultado sempre é impressionante. De acordo com uma pesquisa da Euromonitor , a tendência é que o crescimento da venda de máscaras diminua de 4% nos últimos três anos para 2% até 2021. E sabe quem é a culpada de tudo isso? A extensão de cílios, que caiu nas graças por ser uma técnica duradoura e que dispensa o uso das máscaras. E com a alta demanda, hoje o mercado oferece diversos tipos de extensão, e cabe ao profissional orientar a sua cliente de qual a melhor. E você, saberia falar qual é a melhor para cada caso? Veja as dicas da educadora do curso de Embelezamento do Olhar, Rachel Fernanda . ·          Fio a Fio: essa foi a técnica pioneira na extensão. Nela, os fios são colocados um a um,

5 dicas para deixar o seu esmalte branco perfeito!

Toda mulher ama ter as unhas bem pintadas e arrumadas, certo? No entanto, algumas cores são mais complexas do que outras na hora de passar, e é isso o que acontece com o esmalte branco. Pensando nisso, para te ajudar a conseguir o branquinho perfeito para suas clientes, sem manchas ou bolhas, conversamos com a educadora de Formação em Manicure da Academia Ondina, Juliana Martins, para dar algumas dicas para não errar na produção! Confira:              1.     Tenha leveza na mão na hora de esmaltar É importante manter a mão bem levinha e ter agilidade para esmaltar quando se trata da cor branca. Outros esmaltes, se você passar sem cuidado, ainda assim ele fica bonito, mas com o branco, não é assim. “Se não tiver leveza na mão, o esmalte branco mancha mesmo, é importante também sempre usar só a pontinha do pincel ”.            2.     Fuja dos esmaltes velhos! É comum as mulheres reutilizarem esmaltes antigos, que acabam ficando grossos, mas você sabia que isso prejud

#Tendência | O momento do curto!

Do tradicional chanel ao assimétrico, a tendência conquistou de vez as mulheres modernas e que gostam de praticidade   Cortar o cabelo curto entre as mulheres já virou uma tendência que acompanha o momento superimportante de empoderamento feminino que vem ocorrendo há algumas décadas. “O corte feminino remete a uma mulher que sabe o que quer, a uma postura mais forte, que faz com que ela tenha mais possibilidades de mudanças”, explica   Renato Fuzz, mentor do projeto Criadores de Imagem, embaixador Wella Profissionais. Refrescante e versátil, o resultado é moderno e cheio de personalidade. O cabelo curto valoriza o rosto e as feições ficam mais marcantes. “Não existe um corte ideal, não gosto de seguir regras, o importante é conversar com o profissional da área que seja de confiança e que tenha experiência em cabelos curtos para guiar qual o melhor para cada estilo”, comenta Renato.  Para que o corte mude o astral da mulher, ela deve estar pronta para a mudanç